Arquivos para a Categoria: Ten Alves

Do Facebook ao Recanto das letras

Publicado no jcb 237, Março 2016 Minha tima line cheia de compartilhamento de ódio, lembro 1979 enquanto uns bunda mole ficavam segurando a barra da saia da mãe, fomos a luta, apanhamos alguns morreram outros ficaram aleijados. Ah Revolucionário no face cuidado com tendinite e renite do ar condicionado. – Recanto das Letras (23 de […]

O Desafio do “ser” professor e o resgate da cidadania

Publicado no jcb 236,Nov/Dez 2015 A partir do principio que o professor é o “repassador” de conhecimento, há que necessariamente haver uma troca entre ele e o aluno. O mestre, mesmo sendo portador do poder e o saber: a chave para o sucesso ou fracasso do ato pedagógico está com o aluno. Vivemos hoje em nosso […]

Amiga II

Publicado no jcb 235, Outubro de 2015. Dezoito de novembro, talvez seja para ti, um dia qualquer no calendário. Mas foi exatamente neste dia que estivemos juntos pela última(?)vez. Fiz um mapa mental, de teu endereço e perdi nos descaminhos traçados. Continuo como libriano legítimo, navegando entre o desespero e a euforia, entre a treva […]

Amiga!

Publicado no jcb 234, Agosto de 2015. Faz tempo que a gente não se vê, não conversamos. Por onde andas não sei, e, principalmente o que fazes? Se estás magoada, eu tento compreender; Se estás triste, eu vivo esta culpa; Se estás feliz, é minha culpa igualmente; Olha! O bar continua no mesmo lugar,os garçons, […]

O Saxofone do Saldanha

Publicado no jcb 233, Junho de 2015. Dizem que a gente começa se dar conta que o tempo está passando, é quando estamos em férias na praia, e as primeiras coisas que nos procuramos são onde há uma farmácia e locadora de filmes, ou quando começamos a encontrar o pessoal da nossa turma em velórios […]

Dádiva Divina

A manhã nascia brumosa e fria, o último galo já cantou, Guerreiro levanta-se sem alarde para não acordar a mulher grávida de oito meses, o vento uiva lá fora e invade as frestas do barraco ínfimo, apanha com cuidado o filho do berço carcomido e coloca-o junto à mãe. Lava-se, engole o café frio rançoso […]

Angioplastia (Baseada no Poema Pneumatórax)

Publicado no jcb 230, Janeiro de 2015. Angioplastia Palpitações, isquemia, apneia e tremores noturnos. A vida inteira que sonhou e que não viveu. Arritmia, arritmia, arritmia. Foi levado ao médico. ___ Diga quarenta e cinco. ___ Treze… treze…treze… ___ Inspire. ……………………………………………………………………………………………….. _ O senhor tem duas artérias entupidas e o coração está fraco. __ Então, […]

O Velho

Publicado no jcb 229, Dezembro de 2014. O Alemão era um sarro, tava sempre de bom humor e gostava de tomar trago, e por ironia morreu sóbrio. Certa feita, quando chegou à seção ,o chefe novo, pediu para reunir o pessoal a fim de conhecer e explanar suas metas e planos de trabalho. Após a […]

Sonâmbulos

Publicado no jcb 228, Outubro de 2014. A noite cai sobre a cidade, o trânsito é sufocante na hora do pico, os senhores sisudos com telefones celulares à mão, hermeticamente fechados em confortáveis automóveis, passos apressados e indiferentes, filas enormes nos terminais dos ônibus. Pequenos espectros esgueiram-se pelos bueiros, buracos sob os viadutos; No exame […]

O comentário

Publicado no jcb 227, Setembro de 2014. Nos dois últimos anos no serviço ativo na BM, pelos relevantes serviços prestados fui “agraciado” em servir num local, onde tinha que se andar de perneira e soro antiofídico no bolso, se é que me entendem? Tinha um dos integrantes que estava sem CEP, tinha feito uma parceria […]

Imagens

120x600 ad code [Inner pages]
Por Laboratorio Web